Logotipo Apadev: Na cor azul, representação de uma pessoa com deficiência visual com uma bengala, caminhando sobre um piso tátil na cor laranja. Em baixo, na cor azul, a inscrição Apadev.
54 3213.2323
Início do Conteúdo

O Que Fazemos

Saúde

Optometria

Profissional responsável por avaliar a funcionalidade da visão, baseada no desenvolvimento das funções básicas através de métodos quantitativos e qualitativos. Treinar os auxílios ópticos e não ópticos e eletrônicos aos usuários. Realizar estimulação visual em crianças de 0 a 4 anos

Treinamentos de:

  • Recursos ópticos para perto (lentes esférica, esférica e esfero-prismática)
  • Recursos ópticos para longe (telelupas e sistemas telescópicos)
  • Recursos não ópticos
  • Magnificadores de imagem
  • Lupa eletrônica
  • Avaliação funcional da visão
  • Estimulação Visual

Usuário recebendo atendimento de estimulação visual.

Estimulação Precoce

Atendimentos aos deficientes visuais e múltiplas deficiências (outras deficiências associadas à deficiência visual), de 0 a 4 anos de idade, com duração de 1h cada atendimento.

O atendimento de estimulação precoce visa proporcionar estímulos para o desenvolvimento global da criança, sendo as habilidades motoras (amplas e finas), cognitivas, emocionais e os sentidos remanescentes. Garantindo o desenvolvimento das potencialidades através de aprendizagens para uma melhor qualidade de vida e interação com o meio no qual está inserido. Assim como orientar e conscientizar a família em relação à deficiência visual.

Imagem: Atividade de coordenação visomotora (olho-mão).

Usuários recebendo atendimento de estimulação sensorial.

 

Oficinas de Atividade de Vida Diária

Os atendimentos contemplarão atividades de vida diária e atividades instrumentais da vida diária (AVD e AIVD).  Além disso, quando houver necessidade, o terapeuta ocupacional buscará recursos adaptados (tecnologias assistivas) como facilitadores no processo de socialização, autonomia e independência da pessoa com deficiência, podendo realizar visitas domiciliares para orientar quanto a utilização destes recursos no dia-a-dia.

Imagem: Usuárias encontram-se em uma loja recebendo orientações de como realizar compras em estabelecimentos comerciais.

Imagem: Usuária em frete à pia lavando alguns pratos de brinquedo.

Orientação e Mobilidade.

O atendimento em mobilidade proporciona à pessoa cega ou com baixa visão, habilidades e competências para que possa explorar o ambiente e mover-se de forma autônoma, usando técnicas específicas.

Estimulação dos sentidos remanescentes

Técnicas de guia vidente e uso de bengala

Desenvolvimento na capacidade de se orientar e se movimentar com independência.

Usuária adulta recebendo as primeiras orientações para mobilidade em via pública.

Imagem: Usuário durante atendimento externo de orientação e mobilidade.